Hino da ALP


Hino da Academia de Letras de Palhoça
Autoria de Antônio Manoel da Silva

 

 

Letra

Nas amarras do saber estás fundada

Sob a égide da plena erudição

Sodalício de eminência literária

Colegiado de letrados cidadãos

O teu corpo acadêmico é singular

Escrever é teu ofício de verdade

O escritor que a ti se vincular

Triunfante conquista a imortalidade

                 REFRÃO

Colenda Academia

És moradia da cultura e do saber

Recipiente de talento e esplendor

Cabedal do escritor

Na missão de escrever

II

Tua aura é erudita e fecundante

Quão profícua serás para a sociedade

Nicho nobre de sumidade reinante

Patrimônio palhocense de verdade

Com plenitude, quietude e competência

Conduzirás os rumos da literatura

Pois disciplina, atitude e sapiência

São ferramentas que ostentas com bravura

 

 

 Veja também


Imprimir